Oficial: Nokia está voltando ao mercado de smartphones, mas não como antes

Dados - X

O atual CEO da Nokia, Rajeev Suri, deu uma entrevista ao site alemão Manager Magazin e comentou que a companhia já está planejando sua volta ao mercado de smartphones. Os impedimentos legais impostos à empresa valem até o final de 2016, e, ao que parece, Suri não quer perder tempo.

Não há exatamente um prazo para isso acontecer, mas considerando que a empresa já tem movido pauzinhos aqui e ali para tornar sua volta possível, isso não deve demorar. Um indicador é o fato de o tablet Nokia N1 já ter aparecido no mercado chinês. A Nokia ficou impedida de lançar celulares e smartphones com sua marca depois de vender sua divisão mobile para Microsoft. Tablets não entraram nesse acordo.

Só parcerias...

Suri deixou claro em sua entrevista ao Manager Magazin que a intenção da empresa não é construir os próprios aparelhos. A Nokia deve fazer parcerias com outras empresas dispostas a fabricar dispositivos com sua marca, mas ela deve interferir de alguma forma no design. “Nós vamos procurar parcerias adequadas...”, disse o CEO.

Basicamente, a nova Nokia vai ganhar dinheiro licenciando sua marca para companhias como a taiwanesa Foxconn, que ficou responsável pelo tablet N1 com Android na China. Suri não revelou se há algum plano futuro para voltar ao negócio de fabricação própria em algum momento no futuro.