PES 2014 traz inovações na jogabilidade e gráficos de ponta

Dados - X

PES 2014 é o novo game de futebol mais popular do país. Com mudanças significativas em sua jogabilidade e gráficos que impressionam ainda na atual geração de consoles, o jogo mostra que a Konami está investindo pesado para voltar a ser uma preferência mundial. O game chega ao Brasil no dia 24 de setembro. A versão de PS3 custará R$ 179 e a de Xbox 360 R$ 199. Confira:

PES 2014 capa (Foto: Divulgação)
PES 2014 capa (Foto: Divulgação)

Movimentação e controle da bola agradam

A jogabilidade da série sempre foi um quesito que dividiu opiniões. De um lado, fãs da franquia defendem com unhas e dentes a mecânica de PES, que mantém o estilo desde a Era de ouro, ainda em consoles 128 bits. Do outro, jogadores criticam a finalização e a movimentação dos atletas virtuais.

A verdade é que em PES 2014 muita coisa mudou. Aliás, m comparação com os títulos anteriores, é de longe o que mais sofreu modificações. A começar pela movimentação com a bola, que agora elimina qualquer impressão de que ela tenha uma espécie de magnetismo que fazia parecer que andava grudada nos pés pernas dos jogadores. Ela corre livremente pelo gramado e pode escapulir do seu controle em qualquer descuido - seja invertendo a direção de sua corrida ou na tentativa de um drible mais ousado.

O contato físico entre os jogadores também está mais real. Em PES 2013, ir ao encontro do adversário resultava em um esbarrão que muitas vezes não surtia efeito e tão pouco passava credibilidade. Dessa vez, o contato físico é mais real. Mesmo que ainda não seja completamente eficiente, ele torna-se uma alternativa na intenção de conter o ataque adversário. Dessa forma, o jogo de corpo reduz a velocidade de um jogador mais leve, o que facilita até mesmo na hora de roubar a bola.

O desarme também merece destaque pela forma com que ele evoluiu desde o título passado. É necessário apertar duas vezes o botão para que seja feito um "bote" no adversário na tentativa de tirar a bola do seu domínio. Ao mesmo tempo em que pode ser eficiente para o defensor, ele também pode favorecer o atacante adversário que, com um simples drible para o lado, deixa o oponente para trás. Essa dinâmica é sem dúvida a melhor evolução do jogo.

Em PES 2014 basta um atacante talentoso para escapar de um carrinho (Foto: Divulgação) (Foto: Em PES 2014 basta um atacante talentoso para escapar de um carrinho (Foto: Divulgação))
 
Em PES 2014 basta um atacante talentoso para escapar de um carrinho (Foto: Divulgação)

Drible, chutes e passes

Outros quesitos também receberam grandes mudanças na nova versão, porém, nem todos merecem elogios. O sistema de dribles é muito similar ao de Fifa 13, mas não tão eficiente. Para realizar os movimentos, deve-se pressionar o botão RT (Xbox 360) ou R2 (PS3) e movimentar o atleta com o direcional. Dessa forma, ele executa um movimento pré-programado ou simplesmente passa o pé pela a bola.

Em jogadas individuais contra apenas um adversário, o movimento é eficiente e uma ótima alternativa para sair livre na cara do gol. Entretanto, em jogadas de velocidade ele acaba prejudicando o jogador, que precisa desacelerar para realizar o movimento.

O sistema de chutes ainda sofre com alguns exageros. É difícil balancear a barra na hora da finalização. Sendo assim, muitos jogadores oscilam em chutar a bola bem fraco ou simplesmente isolar a redonda na arquibancada. O recurso de 'chute colocado' também sofre com esse problema, sendo utilizado na maioria das vezes em momento em que o jogador encontra-se sozinho com o goleiro.

Já os passes agora estão mais eficientes e ao mesmo tempo menos artificiais. Além de mais precisos, eles respeitam a posição direcionada pelo próprio jogador, deixando com que a culpa de um passe que não deu certo seja sua e não do atleta virtual. Os passes em velocidade (executados com o botão Y no Xbox 360 e " triângulo" no PS3) também recebem uma boa dose de realismo, fazendo com que o você se acostume com a barra e a distância do lançamento para que a jogada dê certo.

 

 

PES 2014 não ignora o talento de cada jogador para sair de uma marcação (Foto: Divulgação) (Foto: PES 2014 não ignora o talento de cada jogador para sair de uma marcação (Foto: Divulgação))
 
 
PES 2014 não ignora o talento de cada jogador para sair de uma marcação (Foto: Divulgação)

Uma nova mecânica para cobranças de bola parada

PES 2014 conta com uma nova técnica para a cobrança de bola parada. Em falta e escanteios, uma linha pontilhada auxilia os jogadores mostrando a provável direção da bola. Porém, o movimento ainda é influenciado pela força aplicada na hora da cobrança.

As cobranças de pênaltis não têm essas mesmas linhas pontilhadas, mas contam com uma marcação que permitem ao jogador direcionar o chute. Já os goleiros, podem se movimentar antes ou depois da cobrança. Isso mesmo, você pode esperar o chute para depois pular na direção desejada. Dessa forma, a responsabilidade passa para o cobrador, já que se a finalização não for tão bem batida, o goleiro irá alcançar.

Cobranças de pênaltis em PES 2014  (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
Cobranças de pênaltis em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Modos de jogos

PES 2014 não conta com novos modos de jogo. A única grande novidade é o modo de Treinamento que está mais completo do que nas versões anteriores. Ele é ideal para quem quer aprender os novos comandos do game, como controle do goleiro e o sistema de dribles.

- Vida Futebolística

O principal modo de PES continua dividido entre Liga Master e Rumo ao Estrelato. Ambos trazem novos menus e animações, ao contrário das telas confusas de PES 2013. No modo manager, as contratações estão mais reais, ou seja, caso seu time não ande muito bem no campeonato será necessário "atirar para todos os lados" até que algum jogador se interesse pelo seu clube.

Já o Rumo ao Estrelato conta com novas opções de personalização do atleta, principalmente no que diz respeito a sua face. É possível configurar até mesmo diâmetro dos olhos, nariz, queixo e outras partes do rosto. Os penteados pré-programados também ganham algumas novidades, mas nada tão inovador.

É possível personalizar o rosto de seu atleta virtual em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
É possível personalizar o rosto de seu atleta virtual em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Com a carreira iniciada, é possível perceber que o jogo está mais honesto em relação a sua atuação em campo. Caso o jogador tenha um rendimento acima da média, ele será titular quase sempre e só será substituito se não estiver em um bom dia ou se apresentar problemas de exaustão. As propostas também estão mais dinâmicas e surgem com mais facilidade, entretanto, ainda dependem muito de seu agente para que ocorram com frequência.

O que decepciona, e muito, é a queda brusca de quadros na câmera padrão do modo Rumo ao Estrelato - a que foca seu jogador a todo momento. Diante de cenários tão ricos em detalhes, os hardwares dos consoles desta geração não suportam e deixam o jogo lento demais. O jeito é optar por outro tipo de visão.

Visão padrão prejudica o modo Rumo ao Estrelato de PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
Visão padrão prejudica o modo Rumo ao Estrelato de PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)

- LIbertadores e UEFA Champions League

PES 2014 conta com os principais torneios de clubes do planeta, como a UEFA Champions League, Taça Libertadores e AFC Champions League. Todas contam com os times que disputaram suas últimas edições (temporada 2013), sendo assim, o Palmeiras está disponível entre os clubes.

Também é possível disputar Ligas Nacionais e outros torneios personalizados. As Copas também estão presentes e estão divididas entre clubes e países de determinadas regiões. Porém, você pode fazer uma verdadeira mistura na Copa Konami, onde além da possibilidade de mesclá-los, também conta com os times de craques do passado.

Controle quase manual dos goleiros

Outra novidade de PES 2014 fica por conta do controle do goleiro. Agora é possível realizar alguns movimentos na tentativa de impedir o gol adversário. Sendo assim, você pode realizar comandos para que os goleiros saltem para o lado determinado ao invés de um avanço desorientado, algo comum em outras versões do game.

Ainda sobre goleiros, estes receberam grandes melhorias e estão mais eficientes. Dificilmente tomam gols de chutes de longe ou saem atabalhoados quando está no mano a mano com o jogador do outro time. Entretanto, não estão livres de críticas e ainda assim cometem falhas grandes, principalmente no que diz respeito a demora para saltar na direção da bola.

Goleiros evoluíram em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
Goleiros evoluíram em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Clima de final de Copa do Mundo

PES 2014 traz um visual que instiga os jogadores a iniciar uma partida. Desde os menus inciais, até o vídeo de preparação da partida, o clima de uma partida de futebol nunca foi tão bem reproduzido em um game. Se não bastasse a preparação dos jogadores no corredor dos vestiários, ainda há a animação da torcida que, independente do jogo, mostra um público animado que carrega bandeiras e flâmulas, e grita de forma crescente a cada ataque da equipe que joga em casa.

Com a bola rolando, o visual continua impressionando. Atletas apresentam feições muito bem definidas que recebem o mesmo efeito de luz e sombra que o gramado dos estádios. Durante os replays, é possível notar, por exemplo, a expressão de felicidade de quem marcou um gol, ou a decepção de quem levou. Isso também ocorre em lances mais comuns, como faltas cobradas para fora ou insatisfação perante a marcação de um impedimento.

Entretanto, isso acaba gerando um grande problema: loadings demorados. Além de um carregamento antes de iniciar as partidas, é preciso também esperar depois das animações de entrada dos times em campo. Mesmo cortando as cenas, é preciso aguardar muitos segundos até que finalmente as partidas se iniciem. Resta à Konami providenciar algo criativo como Fifa, que proporciona atividades de treinamento durante esses momento de espera.

Torcida mais viva chamou a atenção no novo vídeo de PES 2014 (Foto: Reprodução/Murilo Molina) (Foto: Torcida mais viva chamou a atenção no novo vídeo de PES 2014 (Foto: Reprodução/Murilo Molina))
 
PES 2014 conta com torcida que interagem com o time (Foto: Reprodução/TechTudo )

Escalações antigas, atletas pouco parecidos e Brasil de camisa verde 

Assim como na versão anterior, PES 2014 conta com todos os clubes licenciados do Campeonato Brasileiro 2013. Dessa forma, além do escudo, o jogo traz as camisas originais de todos os times com seus respectivos patrocinadores. E vale ressaltar que equipes como Botafogo e Fluminense contam com três variações de uniformes.

O grande problema fica na hora de reproduzir os jogadores. É fácil entender que é impossível reproduzir fielmente mais de mil atletas em um game. Entretanto, há jogadores que não lembram em nada os atletas de verdade, como o zagueiro do São Paulo, Antônio Carlos, ou o atacante do Cruzeiro Dagoberto.

Dagoberto é um dos jogadores que não possuem muitas semelhanças com o atleta de verdade (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
Dagoberto é um dos jogadores que não possuem muitas semelhanças com o atleta de verdade (Foto: Reprodução / TechTudo)

As escalações também sofrem com outro problema: as atualizações. Alguns clubes contam com o elenco formado no início do Campeonato Brasileiro, sendo assim, resta saber se a Konami fará alguma atualização para corrigir esse problema durante as próximas semanas.

E para piorar, mais uma vez a seleção brasileira aparece de forma não licenciada no game. Como resultado, a popular camisa amarela do Brasil foi substituída por uma verde, e o uniforme reserva, branco.

Camisa da Seleção Brasileira conta com modelos bizarros em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)
 
Camisa da Seleção Brasileira conta com modelos bizarros em PES 2014 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Problemas que ainda persistem

Por mais que PES 2014 traga uma boa leva de novidades e melhorias, antigos problemas ainda podem ser encontrados no jogo. O mais grave deles se reflete em um dos grandes destaques do game: os gráficos detalhados. Eles resultam em grande quedas de frames em determinados ângulos de câmera e em loadings muito demorados.

Bugs na jogabilidade também estão presentes e os goleiros são os que mais participam delas. Além de uma demora para saltar em chutes mais lentos ou falhas na hora de sair automaticamente do gol, eles ainda são protagonistas de algumas bizarrices, como o juiz que assinala gol contra quando a bola bate na trave, no goleiro e entra.

Entretanto, é importante ressaltar que eles não comprometem ao ponto do jogador desistir do game. Pelo contrário, assim como em qualquer grande jogo, os problemas são ocasionais e às vezes são corrigidos por meio de atualizações.

PES 2014 não terá estádios espanhóis (Foto: Reprodução)
 
PES 2014 ainda sofre com antigos bugs (Foto: Reprodução)

Conclusão

PES 2014 traz uma mudança drástica nos seus principais quesitos, prova de que a Konami começa uma corrida para voltar à hegemonia da gênero.O jogo apresenta uma movimentação menos artificial, além da física e do sistema de passes mais apurados. Novidades como o controle semimanual dos goleiros e a interação direta da torcida também foram bem recebidos. Entretanto, o visual muito bem detalhado causa quedas de frames em muitos momentos. Isso sem falar em alguns bugs que ainda permanecem nesta versão.