Review Galaxy On7: o intermediário com tela grande da Samsung

Dados - X

Galaxy-On7 (9)
Seguindo a estratégia da Xiaomi e Quantum, a Samsung lançou um smartphone que só é vendido pela internet: o Galaxy On7. Para impulsionar as vendas, a companhia fechou uma parceria com a B2W, grupo que comanda lojas online como Submarino e Americanas. Mais interessante do que as decisões de mercado da fabricante sul-coreana são as qualidades do novo aparelho. E essas são as minhas impressões:

Layout e Acabamento

Galaxy On7 é grandalhão e segue as linhas tradicionais da Samsung. O acabamento lateral é de plástico com um efeito cromado, dessa vez a parte central tem linhas escovadas que não refletem. A traseira é removível e com efeito enrugado, na tentativa sem sucesso de imitar couro. Por de baixo da capinha, a bateria removível e as entradas para o cartão SIM e o cartão microSD, de até 128 GB.
Galaxy-On7 (2)
Na parte frontal encontramos a câmera, sensores de proximidade um flash LED, e abaixo a marca da Samsung. Na parte inferior, o clássico botão “Home”, ao lado de um botão capacitivo para o multitarefa e outro para a função voltar, que não são retroiluminados. No lado direito fica o botão liga/desliga e no esquerdo o controle de volume.

O arroz com feijão da Samsung em seus intermediários, sem novidades.

Tela

Galaxy-On7 (1)
Samsung utilizou a tecnologia TFT para o display de 5.5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels. O resultado foi uma tela inferior a outros modelos intermediários da própria companhia, como o Galaxy J5. O branco é bem azulado, mas o restante das cores são vívidas e fiéis. O ângulo de visão é razoável, e é perceptível a perda de informações sob ângulos variados.

Novamente, não há como deixar a configuração do brilho no automático já que o aparelho não conta com um sensor de iluminação. O modo “Externo” que deixa a tela com o nível máximo de brilho, facilita a visualização de baixo do sol, mas não ajuda muito.

Para os mais exigentes, alguns avisos: é fácil observar pixels entre gráficos, textos e ícones. Outro detalhe que pode incomodar são as bordas pretas em torno do display, mais evidentes do que o normal.

Velocidade e desempenho

Galaxy-On7 (6)
Galaxy On7 conta com processador Snapdragon 410 quad-core de 1,2 GHz e 1,5 GB de memória RAM, acompanhados da GPU Adreno 306. O mesmo conjunto encontrado no Galaxy J5. Curiosamente, a experiência de uso não foi a mesma com os dois aparelhos.

On7 consegue ser veloz nas tarefas diárias, mas derrapa quando se exige um pouco mais, a lentidão nas animações é evidente nesses casos. O smartphone se dá bem com o multitarefa quando a troca é rápida; ao alternar entre aplicativos abertos há mais tempo é necessário esperar recarregar as informações. Ainda assim, se sai muito melhor do que os dispositivos Android com apenas 1 GB.

O armazenamento interno é um fator limitante para muitos usuários. O celular conta com 8 GB de memória, mas apenas 4,4 GB podem ser usados.

Sistema

O Galaxy On7 roda o Android 5.1.1 Lollipop e carrega consigo a personalização TouchWiz. Devido a pouca memória interna, a Samsung evitou pré-instalar muitos aplicativos; eles ainda estão lá, mas em menor número.

Há apenas um “truque”: dois cliques no botão principal e a câmera é ativada rapidamente. Além disso, as tradicionais modificações na interface do Android, que alteram o menu de configurações e a barra de notificações, que conta com atalhos rápidos para ajustes e um slider para controle do brilho.

A Samsung não informou se pretende levar o dispositivo para o Android 6.0 Marshmallow. Anote isso se você acha importante sempre ter o sistema mais recente.

Câmera

câmera traseira do Galaxy On7 tem 13 megapixels com flash LED e é competente quando há condições naturais de iluminação. As fotos são nítidas, mas há um problema quando a cena é muito clara: o branco pode ficar estourado. Foi o que aconteceu comigo na maioria das vezes.

Quando o ambiente é mais escuro ou a luz é artificial, o sensor apresenta as mesmas deficiências que a maioria dos aparelhos nessa faixa de preço: granulação e cores infiéis. Já a câmera frontal tem 5 megapixels. O suficiente para tirar fotos com boa resolução e postar nas redes sociais.

O software da câmera funciona bem para aqueles que gostam de capturar os momentos rapidamente e também para aqueles que gostam de configurar manualmente ISO, exposição e balanço de branco. Nas configurações, é possível escolher o modo “Pro” que traz essas funcionalidades. O problema do branco estourado é amenizado quando são feitos os ajustes manuais, inclusive.

Duração da Bateria

Galaxy-On7 (3)
Os 3000 mAh da bateria são suficientes para levar um dia inteiro longe do carregador. Em uso intenso, utilizando-o na maior parte do tempo em conexão 4G, navegando por várias horas, tirando muitas fotos, trocando mensagens e escutando música no Spotify; alcancei 15 horas de uso, com 15% da bateria restante. Com uso moderado, cheguei ao final do dia com 30% de carga.

Preço e disponibilidade

A Samsung lançou o Galaxy On7 na primeira semana de novembro com preço sugerido de R$ 949,00. O preço não se sustentou e já é possível encontrá-lo por R$ 799,00 no Submarino ou nas Lojas Americanas. Com um pouco de paciência, é possível comprá-lo por R$ 719,00 – esse valor aparece frequentemente nas duas lojas.

Conclusão

Galaxy-On7 (5)
Galaxy On7 é um smartphone para quem não abre mão da tela grande e também não quer gastar muito dinheiro com um celular. O aparelho tem bateria de ótima autonomia, câmera e desempenho razoáveis, mas não impressiona em nenhum quesito.

Se a tela de 5.5 polegadas não é essencial para você, a própria Samsung tem opções mais interessantes (e até mais baratas, dependendo das promoções) como o Galaxy J5, que possui tela melhor e desempenho parecido.

Galeria de Imagens

Especificações Técnicas

  • Processador: Snapdragon 410 quad-core de 1,2 GHz;
  • Memória RAM: 1,5 GB;
  • Tela: TFT de 5.5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels (267 ppp);
  • Câmera: 13 megapixels, autofoco, flash LED;
  • Câmera frontal: 5 megapixels;
  • Bateria: 3000 mAh;
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11 b/g/n, A-GPS, GLONASS, Bluetooth 4.1, microUSB 2.0;
  • GPU: Adreno 306;
  • Memória externa: suporte para cartão microSD de até 128GB;
  • Memória interna: 8 GB;
  • Dimensões: 151.8 x 77.5 x 8.2 mm;
  • Peso: 172 gramas;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade;
  • Plataforma: Android 5.1. Lollipop.