Sony vende divisão de PCs e separa TVs em empresa parceira

Dados - X

Sony vende divisão de PCs e separa TVs em empresa parceira (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

 

A Sony anunciou nesta quinta-feira (6) um plano de reestruturação que afetará diversos setores da fabricante. A ideia do CEO Kaz Hirai é recuperar a empresa financeiramente, já que os gastos operacionais previstos para o recente ano fiscal, que termina em março de 2014, chegam a US$ 1,1 bilhão.

A primeira novidade já era especulada nos últimos dias: a venda da divisão de computadores da Sony, o que inclui a linha VAIO, para o fundo de investimentos Japan Industrial Partners (JIP). Com esse passo, a companhia para de fabricar, planejar e criar PCs e passa a focar no mercado mobile de tablets e smartphones.

A negociação deve ser concluída em julho de 2015 e até 300 funcionários que serão demitidos no mais recente corte de pessoal podem ser integrados ao novo negócio. A Sony será dona de 5% do grupo investidor.

Mudança nas TVs

A Sony também vai modificar o setor de televisores, mas sem vender a linha para outra companhia, já que o plano é apostar na tecnologia 4K e no lançamento de mais aparelhos de altíssima resolução.

Sony vende divisão de PCs e separa TVs em empresa parceira (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Para isso, a divisão de TVs será separada em uma companhia subsidiária que trabalhará em separado, como se fosse uma parceira que pertencerá totalmente à Sony, mais ou menos como a Samsung fez com a fabricante de displays.

Atualmente na terceira colocação entre as fabricantes de televisores, a linha de TVs apresentará perdas de US$ 246 milhões no ano fiscal atual – um valor ainda alto, mas bem menor que nos anos anteriores. Os problemas apontados são a perda de mercado em países emergentes (além da dificuldade de vender produtos caros demais nesses locais) e os cada vez mais altos custos de fabricação.

Fonte: tecMundo.