Preço do Bitcoin chega a US$5.800 e registra a maior baixa do ano

29/06/2018 11:36:51

A queda no preço do Bitcoin continua e a criptomoeda registrou a maior baixa anual na madrugada desta sexta-feira, 29 de junho, com um valor de US $ 5.835, segundo dados da ferramenta Coinmarketcap. Esse valor representa uma queda de quase 50% no primeiro trimestre deste ano e quase 75% abaixo da sua alta histórica que ocorreu há apenas seis meses.

Até o fechamento deste artigo, a moeda digital recuperou parte do seu valor e estava sendo cotada a US$5.944, segundo a Coinmarketcap. No Brasil, a moeda digital tinha seu preço registrado em R$23.585, de acordo com dados da Bravenewcoin.

Segundo o artigo publicado pela News BTC, peritos, touros e ursos do mercado têm suas próprias teorias sobre os fatores que controlam esta dinâmica de preço.

A sombra do lendário hack na exchange japonesa Mt. Gox e todos os FUD que vieram na sequência podem ter influenciado o mercado, com a venda maciça de Bitcoin e Bitcoin Cash feita pelo administrador da corretora. Ao longo de alguns meses, cerca de 36.000 Bitcoins e 34.000 Bitcoin Cash foram vendidos, possivelmente levando o mercado a cair para US$6.000 em fevereiro.

Não houve falta de ataques às exchanges até agora em 2018, cada uma delas podem ter influenciado nas reduções de preços em relação ao tamanho e à gravidade do hack ocorrido. Começando logo após o ano novo, quando a corretora de criptomoedas japonesa Coincheck foi roubada no valor de US$534 milhões em tokens NEM. Embora os efeitos do hack fossem sentidos em todo o espaço, um rápido anúncio da Coincheck de que pretendiam reembolsar os clientes amenizou o golpe inicial.

O hack da Coincheck treinou o foco dos órgãos reguladores em todo o mundo sobre a fraca segurança que possibilitou o ataque, mas isso não impediu que os hackers desviassem mais ativos digitais. Desde janeiro, houve pelo menos mais quatro grandes hacks; o mais recente há apenas algumas semanas sobre a maior corretora de criptomoedas da Coreia do Sul, a Bithumb.

Os efeitos globais do mercado da Bithumb foram bastante insignificantes, em parte devido à rápida resposta das exchanges e seguindo o exemplo da Coincheck, prometendo pagar os US$30 milhões que foram roubados de volta aos seus clientes. Também, possivelmente, em parte devido às pessoas percebendo que, como Charlie Lee, o fundador da Litecoin, colocou na CNBC:

“É COMO SE UM BANCO FOSSE QUEBRADO E OURO FOSSE ROUBADO, ISSO AFETARIA O PREÇO DO OURO?”

Tom Lee, da Fundstrat, divulgou a teoria de que o declínio acentuado do preço do Bitcoin no início do ano foi um efeito dos novos milionários de Bitcoin vendendo moedas para pagar sua conta de US$25 bilhões. Ele sugeriu que, a partir de 15 de abril, o Bitcoin passaria a ganhar força. O que aconteceu por um curto período de tempo, passando de cerca de US$8.500 para quase US$10.000 antes de voltar para US$8.000 até meados de maio.

Estes e uma infinidade de outros fatores vêm batendo o Bitcoin e o mercado de criptomoedas nos últimos seis meses. O lado positivo é que o Bitcoin continuou a se recuperar de suas baixas.

Por favor caso o download não inicia tente mais uma vez:
Por favor caso não consiga realizar o download, tente novamente fazer o download, caso não consiga realizar o download preencha os dados abaixo e receba um E-mail em até 5 minutos com o link para download do arquivo!





COMPARTILHAR NO :

Avatar de KelisonPor: Kelison dia: 29/06/2018 11:36:51 em: Bitcoin Preço do Bitcoin,Bitcoin,Bitcoin registra a maior baixa do ano - 87 Visitas